sábado, 1 de setembro de 2012

Livros Sobre Bandolim











sexta-feira, 31 de agosto de 2012

sexta-feira, 23 de março de 2012

Você no Para Musicar

Que tal um vídeo seu (tocando e/ou cantando)Publicado no nosso Blog?
Gostou da idéia?

Então siga estes os passos:
  • Publique um vídeo seu na internet (sim, pode ser no ” youtube”);
  • Envie o endereço do seu vídeo via comentário na página “Você no Para Musicar” e faça uma breve descrição dele (nome da música, compositor, coisas do tipo!).
                        Pronto! Assistiremos aos vídeos e escolheremos um para publicarmos por, pelo menos, 3 dias! Boa sorte!

Observações importantes:
  • Não há "premiação", apenas publicaremos o vídeo escolhido! 
  •  Não é necessário ser membro do Blog para participar, mas se você fizer a gentileza de se tornar um membro ficaremos contentes!
Serão deletados links que não estiverem de acordo com a proposta feita pelo blog.

Lembre-se:
  • Mesmo que seu vídeo não seja o escolhido, os visitantes do blog poderão visualizá-lo  através do seu link;
  • Um vídeo será escolhido para ser exibido  a cada 3 dias, salvo alguma eventualidade;
  • Oportunidade oferecida por tempo indeterminado!






Participe! 

Grande Abraço!

Escalas Pentatônicas para Violão & Guitarra

"Desenhos" das escalas pentônicas no braço do Violão/Guitarra!


                Observe o seguinte: Os modelos apresentados acima são móveis, ou seja, podem  ser digitados a partir de qualquer casa desde que se observe a localização da nota que dá nome à escala (Tônica).

Exemplos: Para tocar no tom de Lá maior, pode-se utilizar o modelo 1 começando com o dedo   4 (laranja) na 6ª corda, casa 5.
                Para tocar no tom de Fá# menor, pode-se utilizar o mesmo modelo começando com a 6ª corda apertada pelo dedo 1 na segunda casa.

                Para tocar em um tom menor ou maior  basta prestar atenção na localização da tônica.  Qualquer dúvida deixe seu comentário.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Acordes Diminutos para Bandolim & Mandolin


Para saber mais sobre Acordes Diminutos, Clique Aqui. 



Acordes Diminutos


Os Acordes Diminutos: Este tipo de acorde se caracteriza pela presença de 3 terças menores na sua formação. Em outras palavras, este acorde possui  1tom e meio entre a Tônica e a Terça, entre a Terça e a Quinta e entre a Quinta e a Sétima. Ou ainda, podemos dizer que é um acorde Menor com Quinta diminuta e Sétima diminuta. Exemplo: Dó diminuto.


Agora observe o seguinte:
A distância entre as notas que formam o acorde é sempre a mesma independente da nota em que se começa. Exemplos:



Assim, as notas que formam um acorde diminuto são as mesmas notas que formam outros três acordes diminutos. Exemplos:
Dó diminuto = C + Eb + Gb + A
Mib diminuto = Eb + Gb + A + C
Solb Diminuto = Gb + A + C + Eb
Lá Diminuto = A + C + Eb + Gb
Portanto, considerando que os acordes podem aparecer de forma invertida(com outra nota mais grave que não seja a tônica) é possível, em uma mesma formação obter os quatro acordes. Exemplo no Bandolim:






quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Tablaturas para Bandolim


Agora estamos disponibilizando Tablaturas para Bandolim! 

E para começar, nada melhor que Wave - Tom Jobim.
Aproveitem!
O download pode ser feito, em PDF e MIDI, na página 
Tablaturas para Bandolim na parte superior do Blog.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Pestanas derivadas de A



  Aqui estão demonstrados todos os acordes maiores, derivados da pestana de A, ao longo do braço do violão e da guitarra. Para formar outros acordes clique aqui.

Obs: Os acordes bemóis ocorrem na direção contrária à do sustenido. Exemplo: A# = Bb, C# = Db




Pestanas derivadas de E


         Aqui estão demonstrados todos os acordes maiores, derivados da pestana de E, ao longo do braço do violão e da guitarra. Para formar outros acordes clique aqui.

Obs: Os acordes bemóis ocorrem na direção contrária à do sustenido. Exemplo: F# = Gb, G# = Ab

Pestanas de A

         Assim como existem as pestanas derivadas de E, existem as derivadas de A. Sendo assim, a regra é a mesma: Qualquer alteração no acorde de lá pode ser feita em suas pestanas para encontrar outros acordes.
        Exemplo:






quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Pestanas de E

        Olá! Vou apresentar aqui uma forma simples de encontrar acordes, utilizando as pestanas, no braço do violão ou da guitarra.
         Para começar, vou usar o acorde de E (mi) como exemplo.

        Toda modificação que se fizer no acorde de E pode ser feita nos acordes, com pestana, que derivam de sua forma. Assim, se você fizer um acorde de E7, você pode, com a pestana, fazer um F7, F#7, G7, etc.
     

Exemplo:




domingo, 29 de janeiro de 2012

O Acorde IIIm

         Olá! Tenho notado uma pequena divergência a respeito da função do TERCEIRO ACORDE DO MODO MAIOR, ou simplesmente IIIm.

        Algumas pessoas chamaram a minha atenção pois consideram este acorde como Tônica Relativa e não como Dominante Relativa como eu tenho afirmado ser. Gostaria de deixar claro que também concordo com este ponto de vista mas tenho considerações a fazer:

         Em Dó maior,  o primeiro acorde é o próprio C, o terceiro é Em e o sexto é Am.
     
        O Acorde de Dó Maior é formado por C, E, G;

       O Acorde de Mi Menor é formado por E, G, B;

       O Acorde de Lá Menor é formado por A, C, E;

ou seja, em relação ao acorde de Dó Maior, os outros dois têm duas notas em comum. Observe:

C =    C - E - G
Em =  E - G - B
  
C =    C - E - G
Am = A - C - E

E porquê eu prefiro pensar no Em como Dominante Relativa? Simples, porque, em Dó maior, a nota Fundamental da escala (e principal ponto de repouso) é o próprio Dó. Por isso considero o acorde de Lá menor como Tônica Relativa, pois, possuindo a nota Dó em sua formação, exerce mais claramente a função de repouso, embora seja uma Cadência de Engano. Já o Em, a meu ver, se aproxima mais do acorde de G (G - B - D ) que tem função, nesse caso, de Dominante.    

     Afinal, o IIIm (Em) é Tônica Relativa ou Dominante Relativa?  Pode-se considerar os dois como certo, só que em termos de repouso (tônica) é o mais "fraco" dos três ( I, VI, IIIm ).

domingo, 8 de janeiro de 2012

Como mudar o tom de uma música


Sabe aquela canção que você nunca canta porque é muito aguda ou muito grave pra sua voz?
Relaxa......... pra quase tudo tem um jeito. Vamos mudar o tom dessa canção!

Algumas regrinhas:

·         Todo acorde maior permanecerá maior;
·         Todo acorde menor permanecerá menor;
·         Conserve as dissonâncias ( o que tem 7ª, 5ª+, 4ª etc. permanecerá assim).

Vamos para a prática. Para isso, tenha à mãos a escala cromática:

C  -   C#  -  D  -  D#  - E  - F  - F#  -  G  -   G# -   A -  A#  - B  -  C

Ou 

C   - Db  -  D  - E  -  E  - F   - G G   - Ab  -  A -  Bb -  B - C

 Obs: A escala cromática é organizada em semitons (1/2 tom).
         O agudo fica para a direita, o grave, para a esquerda.

Observe o seguinte trecho, vamos reescrevê-lo 1 tom acima, ou seja,  mais agudo.


Por onde andei    ( Nando Reis)

Tom:  C 
            C  
Desculpe estou um pouco atrasado   
       G  
Mas espero que ainda de tempo  
      Dm                          F  
De dizer que andei errado e eu entendo    
 
               A sequência dos acordes é C, G, Dm , F. 
 
               Vamos à escala e somaremos 1tom à cada nota(acorde): 
 
C  -   C#  -  D  -  D#  - E  - F  - F#  -  G  -   G# -   A -  A#  - B  -  C
 
C + 1tom = D
G + 1tom = A
Dm + 1tom = Em
F + 1tom = G

Feito isso, temos o trecho harmonizado 1tom acima. Observe.

Por onde andei

    
Tom:  D
            D  
Desculpe estou um pouco atrasado   
       A  
Mas espero que ainda de tempo  
      Em                          G  
De dizer que andei errado e eu entendo   
 
E se quisermos a canção 2 tons abaixo? O processo é o mesmo, porém contaremos os tons  na direção contrária.

C  -   C#  -  D  -  D#  - E  - F  - F#  -  G  -   G# -   A -  A#  - B  -  C

C  – 2tons  = G#
G  – 2tons  = D#
Dm  – 2tons  =A#m
F – 2tons  = C#

Observe:

Por onde andei
    
Tom:  G#
            G#  
Desculpe estou um pouco atrasado   
       D#  
Mas espero que ainda de tempo  
      A#m                          C#  
De dizer que andei errado e eu entendo